Quem somos

Desde a sua formação, em dezembro de 2018, o ensemble já se apresentou em Lisboa, Porto, Viseu, Leiria, Faro e Castelo Branco. Já em 2019, em abril, foi um dos grupos selecionados para a residência artística em West Dean College, Inglaterra, onde recebeu instrução intensiva do Quarteto Chiligirian. Outros mentores que orientam o quarteto são os professores Paul Wakabayashi e Paulo Gaio Lima. Em julho 2019, o grupo obteve o 1º prémio no concurso Prémio Jovens Músicos, categoria Música de Câmara- nível superior. 

Para a temporada 2020/2021 estão agendados concertos Palácio Nacional da Pena, Casa da Música, Festival de Música de Setúbal e Festival Crans Montana Classics (Suíça).

Em Outubro de 2019, participaram no ciclo “Ouvidos para a Música” em parceria com o maestro Martim Sousa Tavares, deram Masterclass e um recital no Conservatório Regional de Música de Viseu e participaram no Festival Jovens Músicos na Fundação Calouste Gulbenkian. No Verão de 2020, colaboraram com o clarinetista António Saiote nos Festivais de Música do Estoril e de Alcobaça. Foram também distinguidos com primiero prémio ex-aequo nas Masterclasses do Verão Clássico. Na Primavera de 2021 irão gravar o seu primeiro álbum, com a ajuda financeira da Fundação GDA. 

Recentemente, o grupo foi aceite no Conservatoire à Rayonnement Régional de Paris, onde trabalhará com o professor Miguel da Silva.

O Quarteto Tejo é um bilhete para Portugal de Inglaterra, Suíça, Bélgica e Alemanha; é uma viagem de quatro indivíduos à exploração do seu gosto comum pela música.

André Gaio Pereira, violino I

Tomás Soares, violino II

Sofia Silva Sousa, viola

Beatriz Raimundo, violoncelo